Comerciais que marcaram gerações

Por que meu negócio cresce, mas não prospera?
Janeiro 23, 2019
Exibir tudo

Comerciais que marcaram gerações

Sem dúvidas desde o advento da TV os comerciais se tornaram ainda mais interessantes e caíram no gosto dos consumidores. No Brasil, empresas de diversos segmentos investem valores altíssimos anualmente em campanhas, o que torna o meio um dos mais potentes da atualidade. E por isso, hoje vamos trazer alguns dos comerciais que marcaram gerações e que se tornaram donos de bordões utilizados no dia a dia dos Brasileiros.

Em 1978 a Bombril lançava o Garoto Bombril, interpretado pelo ator Carlos Moreno por ininterruptos 40 anos. Na época ele realizou um comercial em que era “demitido” pela Bombril, mas era recontratado graças ao esforço das donas de casa que compravam a esponja de aço e decoravam suas 1001 utilidades. Desde então a expressão “1001 utilidades” é muito utilizada pelos Brasileiros quando o assunto é enaltecer habilidades de alguém ou de algo.

 

 

“Não é assim uma Brastemp” o bordão muito utilizado pelo povo surgiu em uma campanha da marca em 1990 e seu título original na verdade é “Não tem comparação”. A campanha foi estrelada por Arthur Kohl e Wandi Doradiotto e virou um sucesso. Em 2017, aconteceu um “come back”, e um novo comercial da dupla com o bordão inesquecível foi ao ar, sem dúvidas uma grande estratégia da empresa.

 

 

Outro comercial que marcou época foi os “Mamíferos Parmalat”. Quem não se lembra das crianças fofinhas que participavam dessa campanha? Os pequenos se fantasiavam com roupas de mamíferos e utilizavam o bordão “Tomou?”, se referindo ao leite fabricado pela marca.

 

 

Mas queremos saber de vocês, algum desses comerciais faz parte da sua história ou ficou guardado em um cantinho especial da sua memória? Porque por aqui não deu pra evitar a nostalgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *