Para que serve o funil de vendas?

Tendências Do Marketing para 2019
Janeiro 14, 2019
Por que meu negócio cresce, mas não prospera?
Janeiro 23, 2019
Exibir tudo

Para que serve o funil de vendas?

O funil de vendas é um modelo estratégico que retrata o percurso que o consumidor vai realizar até chegar a compra final de um produto/serviço. Ele começa largo e vai diminuindo, fazendo com que você chegue aos consumidores reais. O modelo AIDA (que é empregado no funil), foi citado pela primeira vez por Elias Elmo Lewis, em 1898 em forma de frase, quase que um comando a ser seguido:

“ Atrair a atenção, manter o interesse, criar o desejo. ”

A Ação (quarto elemento), teria sido dito pouco tempo depois, pelo próprio Lewis, e assim chegado ao acrônimo que conhecemos por AIDA. Essa foi a primeira vez que a jornada de um cliente foi dividida do momento em que é atraído por uma oferta até o momento em que decide realizar a compra, dando origem ao Funil De Vendas.

No topo do funil ocorre a tomada de consciência, na qual o seu futuro cliente ainda não sabe ou acabou de perceber uma necessidade. É o momento de despertar o interesse dele por assuntos ligados a esse problema que foi identificado.

Com o cliente já interessado, nós chegamos ao meio do funil, que é o momento no qual esse indivíduo está buscando por uma solução. O ideal nesse momento é dar espaço para que ele faça pesquisas, mas não deixando de auxiliar para agilizar esse processo e sempre o lembrando dos motivos pelos quais seu produto/serviço é a melhor solução.

Ao chegar no fundo do funil este cliente está preparado para realizar o fechamento da compra. Persuasão e convencimento são dois conceitos que são indispensáveis de serem trabalhados nesse momento. Mostre ao cliente todos os benefícios de optar pelo que você tem a oferecer. Esse é o momento de ser mais direto para conseguir sua aprovação.

É perceptível que o funil gera uma alta devolutiva, mas para isso é necessário também que você observe seu produto e escute seus clientes para ao fim gerar ações que de fato sejam melhorias efetivas. É indispensável compreender detalhadamente seu funcionamento e analisar seu público, pois as informações alcançadas serão de extrema importância para não errar na hora de aplicar no seu negócio.

Clarice Gaspar
Clarice Gaspar
21 anos, formada em Publicidade e Propaganda, apaixonada pelo universo da comunicação e escritora amadora nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *